A candidatura do Bloco de Esquerda (BE) à Assembleia da República pelo círculo eleitoral de Viseu participou numa ação conjunta com as candidaturas dos círculos de Vila Real, Guarda e Bragança, percorrendo a Linha do Douro, entre a Régua e o Pocinho e Regresso, para “constatar no local as potencialidades desta linha que queremos modernizada em todo o percurso e até Barca D’Alva (atualmente encerrado) mas também a muito reclamada ligação a Espanha”, lembraram os bloquistas.

“Os atrasos na execução do plano Ferrovia 2020 têm sido permanentes e arrastam-se por vários anos, impedindo o avanço do processo de modernização da ferrovia, fundamental para mitigar o despovoamento do interior, contribuir para a descarbonização da economia e, acima de tudo, potenciar a qualidade de vida e mobilidade da população”, refere o BE, acrescentando que o plano Ferrovia 2020, de modernização da rede ferroviária nacional, “era para estar totalmente terminado em setembro de 2021” mas “tem atrasos” e “vai arrastar-se para 2023 fazendo com que, em alguns casos, haja incumprimentos de prazos na ordem dos três anos e meio”, diz o Bloco de Esquerda.

A Assembleia da República aprovou em março, por unanimidade, os projetos de resolução do Bloco de Esquerda, PCP, PEV, PAN e PSD, que defendem a requalificação da Linha do Douro, a reabertura do troço Pocinho – Barca d’Alva e a reativação da ligação a Espanha.

“Porém, o ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, diz que esse investimento depende de disponibilidade financeira (apesar de haver fundos comunitários para tal em vários programas europeus). Um argumento que já não utiliza quando se compromete com a linha de alta velocidade Lisboa – Porto, no valor de 4,5 mil milhões de euros”, dizem ainda os candidatos do Bloco De Esquerda.

No Plano Ferroviário Nacional apresentado pelo Bloco de Esquerda, o partido defende “a ferrovia como um instrumento essencial de resposta ao problema de despovoamento do interior do país. Por essa razão, temos vindo a defender que a rede nacional deve fazer a ligação a todas as capitais regionais e distritais”, pode ler-se.

Esta e outras notícias para ouvir na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.

PubAuchan