Viseu lidera entre os distritos com mais incendiários detidos nos sete primeiros meses deste ano.

Em todo o distrito a GNR deteve 11 pessoas, e 59 foram também identificadas, por suspeitas de crime de incêndio florestal.

Segundo dados da GNR, cerca de 70% dos casos foram incêndios provocados por uso negligente do fogo, em particular queimadas e queimas de sobrantes agrícolas.

Vila Real e Guarda são os outros dois distritos com mais detenções de suspeitos do crime de fogo posto.

Em todo o país, segundo números do Ministério da Administração Interna, já foram este ano detidas 60 pessoas e identificadas 117.

Esta e outras notícias para ouvir na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.