No futebol distrital, a confirmação da descida administrativa do Ferreira de Aves à Divisão de Honra de Viseu, causou efeitos colaterais que prejudicam o Vale de Açores e beneficiam a Desportiva de Piães, clube do concelho de Cinfães.

De acordo com o regulamento de competições da Associação de Futebol de Viseu, a descida de um clube do Campeonato de Portugal implica a descida de mais uma equipa da Divisão de Honra, neste caso o Vale de Açores, 6.º classificado no Grupo A de manutenção, que estaria a salvo da descida, caso o Ferreira de Aves não fosse administrativamente despromovido.

Vale de Açores que assim acompanha na descida à I Distrital, Sampedrense, Campia, Roriz, Desportivo de Parada e Moimenta do Dão.

Acaba beneficiada a Desportiva de Piães, terceiro classificado na Fase de Apuramento de Campeão da I Distrital, que acompanha na subida Os Vouzelenses e o Santacombadense.

Estas alterações são motivadas pela descida administrativa do Ferreira de Aves, por não cumprir o requisito de Certificação 3 Estrelas de Futebol, obrigatório para a participação no Campeonato de Portugal, e que levaram à subida, por convite, do Resende, 2.º classificado da Divisão de Honra de Viseu.

Esta e outras notícias para ouvir na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.

PubAuchan