O Município de Lamego espera dezenas de milhares de pessoas na edição deste ano das Festas dos Remédios, que se vão realizar entre 25 de agosto e 09 de setembro, e em pleno, depois dos últimos anos condicionadas pela pandemia.

A autarquia apresentou oficialmente o programa para este ano que prevê o regresso de ícones dos festejos, casos da marcha luminosa, da batalha das flores e da procissão do triunfo, em agenda para os dias 06, 07 e 08 de setembro.

As Festas da Nossa Senhora dos Remédios, em Lamego vão este ano custar cerca de 400 mil euros, mas o autarca Francisco Lopes considera que o investimento terá “um retorno enorme para a cidade” sendo esperados muitos turistas que vão movimentar a vida no concelho, não só na restauração e hotelaria, mas também com as visitas às quintas e ao museu.

Além da gastronomia e do artesanato, entre outros, o programa de festas inclui ainda diversas atividades culturais e musicais, destacando-se artistas como Carolina Deslandes, José Cid, Calema, Os Quatro e Meia e Sons do Minho, além de eventos como o Zigurfest e o festival Folk, uma concentração motard, um espetáculo das Jornadas Mundiais da Juventude e a XI Exposição de Objetos Escutistas são alguns dos pontos do programa.

Esta e outras notícias para ouvir na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.

PubAuchan