O PCP de Mangualde quer que o Ministério da Educação justifique a “falta de professores” na Escola Básica (EB) 2 de Moimenta de Maceira Dão, que continua fechada.

Em nota de imprensa, os comunistas adiantam que os pais dos alunos foram informados pelo presidente da Câmara de Mangualde de que “a escola não abrirá no dia 16 de setembro, data prevista para o início das atividades letivas, por falta de professores”.

A Comissão Concelhia de Mangualde do PCP adianta que já denunciou a situação junto do Ministério da Educação e “questionou o ministro sobre a falta de professores nesta escola”.

Dizem ainda que a situação causará transtorno aos pais dos alunos, já que serão obrigados a encontrar soluções de recurso para resolver o problema da ocupação dos filhos durante o dia, enquanto a escola não abrir, e não há sequer uma data prevista para que isso aconteça, acrescenta o PCP de Mangualde.

Esta e outras notícias para ouvir na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm

PubAuchan