As obras de requalificação de 49 museus, monumentos e teatros, integrada no Plano de Recuperação e Resilência (PRR), e que incluem as do Museu de Lamego e do Museu de Grão Vasco, em Viseu, começam em 2023, garantiu hoje a ministra da Cultura.

Segundo a ministra, das intervenções nos 49 edifícios contemplados pelo PRR na componente de património cultural, com um valor global de 150 milhões de euros, “algumas” vão ser feitas através de contratos interadministrativos celebrados entre o Estado e os municípios.

Na região Centro estão previstas intervenções em Conímbriga, no Museu Machado de Castro e no Mosteiro de Santa Clara-a-Velha, ainda no Convento de Cristo (Tomar), Mosteiro da Batalha, Mosteiro de Alcobaça, Museu de Lamego (associado à Direção Regional de Cultura do Norte), Museu José Malhoa (Caldas da Rainha) e Museu Nacional Grão Vasco (Viseu).

Todos os contratos interadministrativos serão assinados ao longo do mês deste mês novembro, referiu a ministra, explicando que, nesses casos, os concursos públicos das empreitadas serão lançados pelos municípios.

Esta e outras notícias para ouvir na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.