Em Nelas, a autarquia está a usar águas residuais tratadas para responder às necessidades operacionais de indústrias do concelho.

Esta medida tem por objetivo evitar o recurso à água da rede pública, aliviando a pressão sobre o sistema de abastecimento doméstico.

A autarquia liderada por Joaquim Amaral considera que este recurso a águas residuais tratadas ajuda a resolver os problemas de abastecimento, aliviando as necessidades da rede e a pressão sobre a albufeira de Fagilde onde Nelas e outros municípios vizinhos como Viseu, Sátão, Mangualde e Penalva do Castelo também se abastecem de água para a rede pública.

O município de Nelas adquiriu dois grupos de bombagem e respetivas ligações, para instalação na Estação de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) III de Nelas, que garantem, , cerca de 1.200 metros cúbicos/dia de água residual tratada que é depois transportada em camiões cisterna para as indústrias do concelho.

Para garantir o abastecimento contínuo, o município de Nelas assegurou um reservatório de 61 metros cúbicos e ainda uma ETAR compacta de 62 metros cúbicos para abastecer, sem interrupções, os camiões cisterna.

Esta e outras notícias para ouvir na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm

PubAuchan