O presidente da Câmara de Viseu, Fernando Ruas, voltou a lamentar o estado em que está o troço do antigo IP5 e pediu à administração central que “cuide das suas estradas”.

O autarca viseense considera que no concelho de Viseu o IP5 apresenta um piso que classificou de “inconcebível” lembrando que a estrada continua a ser “extremamente utilizado, sobretudo por transportes pesados, até para fugirem a três pórticos da autoestrada”, frisou.

Fernando Ruas disse ainda que não tem memória de qualquer requalificação no traçado e adiantou que a autarquia andou em negociações para a municipalização daquele troço de dez quilómetros, entre a Penoita e até ao nó da autoestrada A24, mas que os valores que a Infraestruturas de Portugal apresenta à Câmara de Viseu “não davam nem para metade da requalificação”.

Fernando Ruas defende que as autarquias devem receber estradas que são atualmente responsabilidade da administração central, “desde que devidamente repavimentadas e com um montante por quilómetro para assegurar a sua manutenção futura”.

Esta e outras notícias para ouvir na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm

PubAuchan