Trinta e oito equipamentos culturais credenciados na Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses (RTCP) vão receber apoio financeiro para programação, no âmbito do primeiro concurso da RTCP aberto pela Direção-Geral das Artes (DGArtes).

Em comunicado divulgado hoje, relativo aos resultados provisórios do programa de apoio, a DGArtes explica que nesta primeira edição do programa foram recebidas 61 candidaturas, das quais quatro foram excluídas.

Segundo a DGArtes, este ano vai abrir um novo concurso “para aumentar o número de entidades apoiadas e de territórios abrangidos”.

O concurso de apoio financeiro aos equipamentos culturais credenciados da RTCP tem um montante anual de seis milhões de euros, entre 2022 e 2025, perfazendo um total de 24 milhões de euros.

Na candidatura, os espaços culturais deveriam apresentar as linhas orientadores de uma programação a quatro anos, “calendarizados entre 01 de janeiro de 2022 e 31 de dezembro de 2025”, por ciclos ou temporadas, abrangendo várias artes performativas e podendo ainda incluir, por exemplo, cinema, residências e ações de mediação e de formação.

Os 38 equipamentos culturais selecionados vão receber entre 50.000 e 200.000 euros anuais, até 2025.

Em termos de distribuição geográfica, a DGArtes refere que mais de metade dos equipamentos culturais das regiões de Aveiro, Médio Tejo, Alto Minho, área metropolitana de Lisboa, Algarve, Beiras e Serra da Estrela e Viseu Dão Lafões serão apoiados neste programa.

A DGArtes não divulgou quais os equipamentos culturais contemplados mas na região estão credenciados pela Rede de Teatros e Cineteatros Portugueses (RTCP), o Teatro Viriato (Viseu), o Teatro Ribeiro Conceição (Lamego) e a ACERT (Tondela).

Esta e outras notícias para ouvir na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm