O Comando Territorial de Viseu, através do Núcleo de Investigação Criminal (NIC) de Mangualde, no dia 4 de agosto, recuperou ouro e dinheiro furtado e identificou um homem e uma mulher de 47 e 37 anos, por furto em residência, no concelho de Mangualde, informou a GNR.

No âmbito de uma investigação por furto em residência, os militares da Guarda deram cumprimento a três mandados de busca domiciliária, que culminaram com a apreensão e recuperação de material furtado:

  • 205 gramas de ouro;
  • 130 euros em numerário;
  • Quatro telemóveis;
  • Uma arma de fogo.

No decorrer das buscas, foi ainda detida uma mulher de 65 anos, por posse ilegal de arma.

Os factos foram remetidos ao Tribunal Judicial de Mangualde.

A GNR relembra que, de acordo com o Regime Jurídico das Armas e Munições, quem detiver arma não registada ou manifestada, quando obrigatório, constitui um crime de posse ilegal de arma.

Esta e outras notícias para ouvir na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.

PubAuchan