O treinador do Tondela, Pako Ayestarán, quer que a sua equipa se apresente num “máximo nível e rendimento” na receção ao Vizela, este sábado, em jogo da 19.ª jornada da I Liga de futebol.

“Desejo que sejamos capazes de estar ao nosso máximo nível, porque afinal as sequências não contam, venhamos de resultados negativos ou positivos, o que conta é o rendimento que teremos amanhã [sábado]”, assumiu Pako Ayestarán, na antevisão ao jogo no Estádio João Cardoso, marcado para as 18:00.

O técnico espanhol pretende que os seus jogadores sejam “capazes de confirmar” o que têm “mostrado nos últimos jogos” e que tenham “o rendimento que se espera” do plantel.

O Tondela vem de uma sequência de dois empates seguidos para o campeonato, com uma vitória pelo meio para a Taça de Portugal, que colocou o clube, pela primeira vez, nas meias-finais da competição.

No entender do técnico, o empate por 2-2 na última jornada, em casa do Santa Clara, depois de estar a perder por 2-0, foi “positivo”, porque os jogadores foram “capazes de virar o resultado, a equipa não baixou os braços, continuou a acreditar” e isso é “um estímulo emocional”.

Sobre o ‘mercado de inverno’, o técnico assumiu que o grupo continua a “precisar de centrais”, mas admitiu que quer que uma nova contratação “acrescente valor ao que o plantel tem” e é nesse sentido que “o clube está a trabalhar”.

O Tondela, com 17 pontos, na 12.ª posição, recebe este sábado, pelas 18:00, no Estádio João Cardoso, o Vizela, em 16.º lugar, com 16, em jogo da 19.ª jornada da I Liga, com arbitragem de Hélder Malheiro, da Associação de Futebol de Lisboa.

Esta e outras notícias para ouvir na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.

PubAuchan