O fim-de-semana no distrito de Viseu ficou marcado por várias ações de campanha para as eleições Legislativas de 30 de janeiro, com o PSD a apresentar o seu programa eleitoral, Bloco de Esquerda (BE) e Iniciativa Liberal (IL) reforçados nas ações de campanha pela presença dos líderes, e o Nós Cidadãos a apresentar a ‘cabeça de lista’.

No Expobeiras (na foto), Hugo Carvalho, ‘cabeça de lista’ em Viseu pelo PSD, teve ao seu lado em palco, Paulo Rangel, o eurodeputado que foi adversário de Rui Rio nas diretas do partido.

Discursos com críticas à governação PS e a António Costa, com Paulo Rangel a considerar que Portugal “desperdiçou seis anos” e caiu para a cauda da Europa, e  Hugo Carvalho a reforçar a mensagem afirmando que os portugueses “não se vão deixar voltar a enganar”, garantindo, ainda, que os deputados que o PSD eleger em Viseu, serão no parlamento “uma voz dos viseenses e não do Governo”.

Quanto ao Bloco de Esquerda, Manuela Antunes, a ‘cabeça de lista’, teve a seu lado a líder do partido, Catarina Martins, que prometeu em Viseu um “contrato para o país que combata a economia do privilégio e da desigualdade”, defendendo “contas certas” e medidas “contra o crime económico e a corrupção”.

Na campanha da Iniciativa Liberal, o candidato Sérgio Figueiredo, contou na campanha com o presidente do partido, João Cotrim Figueiredo, que voltou a deixar em aberto uma possível solução de governo com o PSD, considerando que o líder social-democrata, Rui Rio, “seria um bom primeiro-ministro, mas se tivesse a seu lado a IL” para o manter “ambicioso”.

Para Cotrim Figueiredo, a IL imprimiria o “ímpeto reformista” que considera o PSD ter perdido em algumas das suas propostas e que a Iniciativa Liberal traria “energia, dinamismo, imaginação e juventude” a um possível governo liderado pelo PSD.

No fim-de-semana, o Nós Cidadãos apresentou também a sua candidatura aos viseenses, que no distrito tem Ana Rita Barreto como ‘cabeça de lista’.

A candidata apostou num discurso centrado na “mudança”, considerando que “é tempo de mudar, tempo de devolver a esperança e tempo dos jovens e dos cidadãos terem uma voz que os represente no parlamento”.

Esta e outras notícias para ouvir na Estação Diária – 96.8 FM ou em www.968.fm.

PubAuchan